Câncer de Testículo

Câncer de Testículo

O Câncer de Testículo é Comum?

O câncer de testículo é considerado uma doença rara do sistema reprodutor, correspondendo de 2 a 3% de todos os cânceres de origem urológica, quando consideramos homens de todas as idades.(1)

a. Quando consideramos apenas homens entre 15 e 35 anos, o câncer de testículo é a doença maligna mais frequente do sistema reprodutor masculino. Após essa faixa de idade, o câncer de próstata assume a liderança no número de casos.(2)

b. Antes do surgimento da medicação cisplatina, na década de 80, as taxas de cura para o câncer de testículos variava entre 5% e 10%. Nos dias atuais, esses números atingem até 90%.(3,4)

c. Sua incidência é maior em países desenvolvidos, como a Noruega, Suécia e países da América do Norte, acometendo 3 a cada 100.000 homens.(5)

d. 95% todos os canceres de testículos são de origem germinativa, ou seja, células formadas ainda na fase de embrião que se comportam de forma descontrolada após o nascimento.

e. Até 5% dos casos de câncer de testículo se originam fora do órgão, em uma região do corpo conhecida como retroperitônio, que compreende uma área que reveste os rins, coluna lombar e a região pélvica (bacia). (6)

2.   Em que idade ele normalmente aparece?

O câncer de testículo apresenta 3 picos de incidência, na primeira infância até os 8 anos; entre 20 e 40 anos; e após os 60 anos.(3)

3.   O autoexame é uma ferramenta de detecção precoce importante deste tipo de tumor?

Sim, geralmente os tumores de testículos são detectados durante o autoexame. Costumam ser percebidos como nodulações duras, firmes e pouco dolorosas.(7)

Pequenos traumas no testículo durante atividades físicas são causas frequentes de detecção precoce, uma vez que levam ao autoexame e detecção de nódulos que estavam presentes mas não causavam sintomas.

4.   Como esse autoexame deve ser feito? Poderia descrever o passo a passo, por favor?

O autoexame pode ser feito durante o banho e inicia com a palpação da parte superior do testículo e dos pelos pubianos. Na extremidade superior do testículos temos o epidídimo, que é uma estrutura macia, em formato de gota, que tem a função de amadurecer e armazenar os espermatozoides produzidos pelo testículo. É no epidídimo que se conecta o ducto deferente, responsável pelo transporte dos espermatozoides até a próstata e o pênis.

O exame segue para o corpo do testículo, que deve apresentar uma consistência macia, semelhante à região da palma da mão onde temos o polegar.

Em seguida, a avaliação da parte mais inferior do testículo, onde encontramos a cauda do epidídimo e o ducto deferente.

5.   Que alterações justificam buscar um urologista com urgência?

  • nódulos, dolorosos ou não, em qualquer parte do testículo
  • acumulo de liquido ao redor do testículo
  • aumento repentino do tamanho do testículo
  • sangramento ou secreção amarelada na ejaculação
  • Ter um pai ou irmão que já manifestaram a doença
  • Perceber que o testículo não se encontra na bolsa escrotal

6.   Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através da análise do tecido doente, com a remoção parcial ou completa do testículo doente. É comum a realização de exames como a tomografia do abdome e tórax antes da cirurgia, com o objetivo de investigar outras áreas do corpo possivelmente comprometidas pela doença.

Além disso, exames de sangue conhecidos como marcadores tumorais são pesquisados antes mesmo da cirurgia. Estes exames indicar o tipo de tumor de testículo em alguns casos e são usados também para avaliar o grau de resposta ao tratamento e controle de cura.

  1. Siegel RL, Miller KD, Jemal A. Cancer statistics, 2018: Cancer Statistics, 2018. CA Cancer J Clin. janeiro de 2018;68(1):7–30.
  2. Curreri SA, Fung C, Beard CJ. Secondary malignant neoplasms in testicular cancer survivors. Urol Oncol Semin Orig Investig. setembro de 2015;33(9):392–8.
  3. Lv Z-J, Wu S, Dong P, Yao K, He Y-Y, Gui Y-T, et al. Clinical outcomes in patients with stage I non-seminomatous germ cell cancer. Asian J Androl. julho de 2013;15(4):558–63.
  4. Fung C, Sesso HD, Williams AM, Kerns SL, Monahan P, Abu Zaid M, et al. Multi-Institutional Assessment of Adverse Health Outcomes Among North American Testicular Cancer Survivors After Modern Cisplatin-Based Chemotherapy. J Clin Oncol. 10 de abril de 2017;35(11):1211–22.
  5. L H, C E, O G, BX F, GO O, EJ E, et al. Testicular cancer incidence trends in the United States (1975−2004): Plateau or shifting racial paradigm? Public Health. setembro de 2008;122(9):862–72.
  6. Buck DA, Smith TD, Montana WN. An Uncommon Presentation of a Metachronous Testicular Primary Nonseminoma and Seminoma Separated by Two Decades and a Testicular Cancer Literature Review. Case Rep Oncol. 15 de setembro de 2017;10(3):832–9.
  7. Gutema H, Debela Y, Walle B, Reba K, Wondiye H. Testicular self examination among Bahir Dar University students: application of integrated behavioral model. BMC Cancer [Internet]. 4 de janeiro de 2018 [citado 20 de janeiro de 2018];18. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5755162/
     
  • Dr. Bruno Benigno

    Dr. Bruno
    Benigno

    Urologia e Oncologia

    CRM 126.265

    • Titular do Núcleo de Urologia do AC Camargo Cancer Center -SP
    • Urologista do Centro de Oncologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz - SP
    • Fellowship em Uro-Oncologia, Laparoscopia e Cirurgia Robótica pelo A.C. Camargo Cancer Center -SP
    • Mestre em Oncologia - FAP
    • Professor de Cirurgia Minimamente Invasiva do Programa de Fellowship do AC Camargo Cancer Center
    • Sócio fundador da Clínica Uro Onco
    • Sociedades internacionais: AUA; CAU; EAU
    Mais Informações
Veja os serviços prestados

Convênios

  • Advance
  • Allianz Saúde
  • Ameplan
  • Amil
  • Apeoesp
  • Bradesco Saúde
  • Caixa Seguros
  • Care Plus
  • Cassi
  • Cetesb
  • Classes Laboriosas
  • Dix
  • Economus
  • Fundação CESP
  • Gama Saúde
  • Grupo Saúde Bresser
  • Hapvida
  • Intermedica
  • Itau
  • Life Empresarial
  • Mapfre
  • Marítima Saúde
  • MedService
  • Metrus
  • Notredame
  • Omint Saúde
  • Ônix
  • Portomed
  • Porto Seguro
  • Sabesprev
  • Santamalia
  • Saúde Secular
  • SP Trans
  • Sul America Saúde
  • Unafisco
  • Unimed
  • Unimed Rio
  • Unimed Seguros