Dietoterapia nos Distúrbios Endócrinos Pancreáticos

O pâncreas é o órgão envolvido no metabolismo e absorção dos carboidratos, as células Beta das ilhotas de Lagerhans secretam o hormônio insulina e as células adjacentes secretam o hormônio glucagon. Ambos são importantes no controle do nível de glicose no sangue. No diabetes a insulina está ausente, presente em quantidade deficitária ou ineficaz.

Distúrbios Endócrinos Pancreáticos

Diabetes:

Estima-se que no Brasil 15 milhões de pessoas sejam portadoras de diabetes.

Diabetes é uma doença que acomete o funcionamento do organismo que não consegue metabolizar ou absorver glicose. Com isso, o indivíduo portador de diabetes, terá que seguir com dieta adequada com controle do consumo de certos carboidratos, principalmente aqueles que são facilmente transformados em glicose.

Entre estes carboidratos, a sacarose, mais conhecida como açúcar de mesa, é o mais importante a ser evitado ou controlado.

“O diabetes mellitus, popularmente conhecida apenas por DIABETES, é um distúrbio do metabolismo que afeta primeiramente os açúcares (glicose e outros), mas que também tem repercussões importantes sobre o metabolismo das gorduras (lípides) e das proteínas. Muita gente pensa que o diabetes é uma doença simples e benigna, um probleminha banal de "açúcar alto no sangue". Na verdade, infelizmente não é bem assim. O diabetes é uma disfunção que, se não tratada ou mal controlada, acaba produzindo, com o correr do tempo, lesões graves e potencialmente fatais, como o infarto do miocárdio, derrame cerebral, cegueira, impotência, nefropatia, úlcera nas pernas e até amputações de membros. Por outro lado, quando bem tratado e bem controlado, todas essas complicações crônicas podem ser evitadas e o paciente diabético pode ter uma vida perfeitamente normal. Recentemente, foi concluído um grande estudo, nos Estados Unidos, o qual demonstrou que o controle adequado do diabetes é, realmente, o único caminho para se evitar as complicações mencionadas. Essa foi a conclusão do Diabetes Control and Complications Trial - D.C.. C.. T.”

Fonte: Roche - Divisão Diagnostics para Pacientes e profissionais de Saúde.

Controle alimentar no diabetes:

Doença que compromete a absorção de glicose pelo organismo. Ocorrem dois tipos: tipo I ou diabetes juvenil: acomete principalmente crianças e jovens e o portador deverá fazer uso suplementar intensivo de insulina para o resto da vida, pois o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. 10% dos casos é tipo I.

O tipo II ou diabetes tardio é o mais predominante, com 90% dos casos e acomete mais a obesos e pessoas acima dos 40 anos. Causado pelo mau funcionamento do pâncreas, que pode ser agravada pelo excesso de peso, sedentarismo e pressão alta. O indivíduo pode ou não necessitar de terapia suplementar intensiva de insulina.

O padrão alimentar dos portadores de diabetes mellitus tipo I ou II, será muito parecido com o padrão adequado de alimentação saudável. A restrição será para a sacarose e os alimentos preparados com este ingrediente, mas todo o equilíbrio alimentar será o mesmo das dietas saudáveis, seguindo o padrão orientado na pirâmide alimentar.

A sacarose deverá ser substituída pelo uso contínuo de edulcorantes não calóricos, como sacarina, ciclamato, aspartame, sucralose, acessulfame K, neotame e stévia.

A dietoterapia deverá ser adaptada caso haja terapia suplementar intensiva de insulina, onde apresentarão picos insulínicos que deverão ser acompanhados de doses de carboidratos compensatórias, além de avaliar as quedas glicêmicas que podem levar a hipoglicemias.

Contagem de Carboidratos

Existe um programa específico para terapêutica do diabetes chamado de Contagem de Carboidratos. Consiste em identificar a quantidade de carboidratos dos alimentos e conforme a quantidade consumida, o portador de diabetes aplica a dose de insulina proporcional. É semelhante ao que faz um organismo sadio.

Todos os portadores de diabetes tipo 1 bem como os diabéticos tipo 2 em terapia intensiva com múltiplas doses de insulina, ou que usem bomba de infusão de insulina podem utilizar a técnica.

Saber a quantidade exata de carboidrato ingerido permite dosar a quantidade exata de insulina a ser aplicada. O que evita carboidratos demais na corrente sanguínea (hiperglicemia) ou de menos (hipoglicemia).

A contagem de carboidratos é uma ferramenta poderosa que requer disciplina e conhecimentos no seu manuseio, mas confere muita liberdade aos pacientes diabéticos que utilizam a técnica, uma vez que os mesmos podem comer de tudo, desde que saibam quantos carboidratos estão ingerindo e apliquem insulina ultra-rápida toda vez que ingerirem carboidratos - geralmente mais do que 15 gramas de carboidrato.

Em geral para um adulto a necessidade de insulina está por volta de 1 unidade de insulina ultra-rápida para cada 15 gramas de carboidrato ingeridos. Este programa deve sempre ser supervisionado por nutricionista.

Alimentos Diet:

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o termo diet pode ser usado em dois tipos de alimentos:

1. Nos alimentos para dietas com restrição de nutrientes (carboidratos, gorduras, proteínas, sódio);

2. Nos alimentos para dietas com ingestão controlada de alimentos (para controle de peso ou de açúcares)

Por isso é importante saber que nem todo alimento DIET é indicado para portadores de diabetes. É importante que fique claro que nem todos os alimentos diet apresentam diminuição significativa na quantidade de calorias e, portanto, devem ser evitados pelas pessoas que querem emagrecer.

Para os diabéticos os alimentos DIET indicados são os que são isentos de sacarose e possuem edulcorantes em substituição.

Hipoglicemia

Para ser considerada hipoglicemia os níveis de glicose no sangue devem estar abaixo de 50mg por 100 ml. Valores abaixo disso podem levar ao coma.

A hipoglicemia não é doença e sim sintoma da alteração do metabolismo do carboidrato. Pode ocorrer em qualquer indivíduo que passe por privação alimentar ou longo período de jejum, pode ser pelo excesso de insulina, decorrente a prática excessiva de esporte sem reposição de carboidratos, principalmente sem o aporte nutricional adequado. Pode também ser efeito de tumor pancreático ou tratar-se de hipoglicemia reativa, que acontece no estado “alimentado”, neste caso, os sintomas da hipoglicemia acontece entre 2 a 4 horas após a refeição.

Em portadores de diabetes que fazem uso suplementar intensiva de insulina, casos de hipoglicemia podem ser frequentes. Para isso é importante manter balas ou alimentos doces de rápida assimilação para repor a glicose. Mas em pequenas porções para não gerar hiperglicemias.

  • Dra. Andréa Esquivel

    Dra. Andréa Esquivel

    Nutricionista e Gastrônoma

    Nutricionista e Gastrônoma, especialista em Marketing Alimentício

    CRN3: 3050

    • Formada em Nutrição pela Universidade de Mogi das Cruzes - 1986.
    • Pós graduação em Marketing pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - 1991.
    • Especializada em Gastroenterologia.
    • Especializada em Gastronomia.
    • Especializada em Marketing alimentício.
    • Membro do da Equipe Multiprofissional da Clinica CEDIG – Centro de Medicina Avançada desde 1999.
    • Diretora da Gastronomia Nutritiva Caiaffa Esquivel – consultoria nutricional, marketing e gastronomia.
    • Professora convidada de diversas universidades pelo Brasil para cursos de pós graduação desde 1999.
    • Professora do Senac para cursos de pós graduação na área de gestão de restaurantes e para cursos técnicos de nutrição.
    • Palestrante nacional e internacional em diversos congressos e cursos na área de saúde desde 1998.
    • Atuação em Obesidade Mórbida desde 2001.
    • Consultora para restaurantes comerciais e para chefs de cozinha.
    • Consultora e colaboradora técnica do Conselho Regional de Nutricionistas, do Sindicato dos Nutricionistas e da Associação Paulista de Nutrição
Veja os serviços prestados

Convênios

  • Advance
  • Allianz Saúde
  • Ameplan
  • Amil
  • Apeoesp
  • Bradesco Saúde
  • Caixa Seguros
  • Care Plus
  • Cassi
  • Cetesb
  • Classes Laboriosas
  • Dix
  • Economus
  • Fundação CESP
  • Gama Saúde
  • Grupo Saúde Bresser
  • Hapvida
  • Intermedica
  • Itau
  • Life Empresarial
  • Mapfre
  • Marítima Saúde
  • MedService
  • Metrus
  • Notredame
  • Omint Saúde
  • Ônix
  • Portomed
  • Porto Seguro
  • Sabesprev
  • Santamalia
  • Saúde Secular
  • SP Trans
  • Sul America Saúde
  • Unafisco
  • Unimed
  • Unimed Rio
  • Unimed Seguros