Dietas Especiais

Seja durante internação hospitalar ou para a vida quotidiana, o paciente está passivo a diversas dietas terapêuticas específicas, além das específicas para o pré e pós operatório. Estas dietas podem ser temporárias ou permanentes e sendo assim serão seguidas após a alta hospitalar ou durante sua vida.

O profissional habilitado para desenvolver, acompanhar ou modificar as dietas alimentares é o nutricionista, o que garante a preservação da saúde e a manutenção dos nutrientes durantes estas práticas alimentares.

Existem dietas específicas padronizadas, delineadas para atender restrições ou necessidades especiais. Estão baseadas em padrões dietéticos apropriados.


As necessidades nutricionais do paciente serão determinadas depois de diversas análises como: estado nutricional, histórico de cirurgia e medicamentos e outros tratamentos médicos, efeito da patologia que acomete o paciente e perdas nutricionais decorrentes.

Destaque para algumas dietas importantes:

Dieta isenta de glúten:

Específica para portadores diagnosticados com doença celíaca. O glúten é a proteína presente em alguns cereais e em todos os seus derivados e produtos com estes ingredientes: trigo, centeio, cevada e aveia. A dieta é de exclusão permanente. No Brasil é obrigatório constar em todos os rótulos de produtos alimentícios as frases: “contém glúten” ou “não contém glúten”. Para fechar o diagnóstico de doença Celíaca, deve ser seguido o protocolo oficial aprovado pelo governo brasileiro e disponível no SUS. Este diagnóstico segue exame endoscópico com biópsia além de análise sanguínea e clínica. Somente a avaliação clinica não pode ser usada para definir a doença ou relacionar com uma possível alergia. A incidência da doença é muito baixa e erros em diagnósticos com falsos positivos crescem no Brasil.

A restrição alimentar é a única terapêutica e será para o resto da vida.  

Dieta baixa em purinas: 

Dieta específica para portadores de gota. A gota é uma enfermidade que caracteriza pelo aumento exagerado de ácido úrico no sangue. A restrição de alimentos que são fonte de purinas é a única terapêutica nutricional indicada.

Dieta baixa em colesterol:

Para pacientes cardiopatas ou hipercolesterolêmicos, onde serão restringidos os alimentos fonte de colesterol, ou seja, os alimentos gordurosos de origem animal, já que o colesterol não é produzido pelos vegetais. Pode ser temporária ou permanente.

Dieta para pacientes renais crônicos:

Indivíduos com doença renal crônica ou que esteja em fase de diálise, necessitam uma dieta extremamente restritiva e específica inclusive no volume hídrico. Devem ter constante acompanhamento de nutricionista.

Dieta para portadores de diabetes:

Determinadas pessoas podem desenvolver resistência à insulina ou podem ser acometidos pela incapacidade de produção de insulina ou pelo mau funcionamento do pâncreas, órgão responsável pela produção de insulina. O que compromete a absorção dos carboidratos e principalmente a glicose.

Será necessário um controle alimentar permanente e restrição no consumo e na quantidade de carboidratos, principalmente de açúcar. O indivíduo manterá acompanhamento permanente com um nutricionista além do médico.  

Dietas hipocalóricas: 

As dietas hipocalóricas podem ser muito restritivas ou menos restritivas, sendo aplicadas de acordo com cada necessidade do paciente. Dietas a partir de 500 calorias totais ao dia, com 1000 calorias, com 1200 calorias ou até com 1500 calorias ao dia. Podem ser utilizadas em hospitais para diferentes finalidades ou podem ser utilizadas para perda de peso. Devem sempre ser desenvolvidas por nutricionistas e manter o monitoramento constante durante o período. Sempre são temporárias. 

Dietas para o preparo de exame:

Alguns exames bioquímicos e funcionais, invasivos ou não precisam de restrições alimentares ou de preparo específico. Para cada exame existe a indicação nutricional necessária. Após cirurgias, o paciente permanecerá em jejum de 24 a 48 horas dependendo da evolução clínica. Após este período será feito um plano alimentar com dietas evolutivas, iniciar com dieta líquida, gradualmente introduzir alimentos sólidos até chegar ao padrão da dieta normal.

Exames funcionais que envolvem o aparelho digestório 

Necessitam de preparo específico com dieta de exclusão, de jejum ou de limpeza dos intestinos para que a avaliação ocorra adequadamente. Seguir as recomendações é vital para a correta realização dos exames. São dietas curtíssimas e após o exame o paciente pode voltar para sua rotina alimentar.

Se você irá fazer algum exame na Clinica CEDIG, fique atento para as orientações de pré preparo. Caso tenha dúvidas entre em contato com a equipe de profissionais da clínica, pode com isso, evitar maiores desconfortos, perda de tempo e garantir o sucesso do exame.

  • Dra. Andréa Esquivel

    Dra. Andréa Esquivel

    Nutricionista e Gastrônoma

    Nutricionista e Gastrônoma, especialista em Marketing Alimentício

    CRN3: 3050

    • Formada em Nutrição pela Universidade de Mogi das Cruzes - 1986.
    • Pós graduação em Marketing pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado - 1991.
    • Especializada em Gastroenterologia.
    • Especializada em Gastronomia.
    • Especializada em Marketing alimentício.
    • Membro do da Equipe Multiprofissional da Clinica CEDIG – Centro de Medicina Avançada desde 1999.
    • Diretora da Gastronomia Nutritiva Caiaffa Esquivel – consultoria nutricional, marketing e gastronomia.
    • Professora convidada de diversas universidades pelo Brasil para cursos de pós graduação desde 1999.
    • Professora do Senac para cursos de pós graduação na área de gestão de restaurantes e para cursos técnicos de nutrição.
    • Palestrante nacional e internacional em diversos congressos e cursos na área de saúde desde 1998.
    • Atuação em Obesidade Mórbida desde 2001.
    • Consultora para restaurantes comerciais e para chefs de cozinha.
    • Consultora e colaboradora técnica do Conselho Regional de Nutricionistas, do Sindicato dos Nutricionistas e da Associação Paulista de Nutrição
Veja os serviços prestados

Convênios

  • Advance
  • Allianz Saúde
  • Ameplan
  • Amil
  • Apeoesp
  • Bradesco Saúde
  • Caixa Seguros
  • Care Plus
  • Cassi
  • Cetesb
  • Classes Laboriosas
  • Dix
  • Economus
  • Fundação CESP
  • Gama Saúde
  • Grupo Saúde Bresser
  • Hapvida
  • Intermedica
  • Itau
  • Life Empresarial
  • Mapfre
  • Marítima Saúde
  • MedService
  • Metrus
  • Notredame
  • Omint Saúde
  • Ônix
  • Portomed
  • Porto Seguro
  • Sabesprev
  • Santamalia
  • Saúde Secular
  • SP Trans
  • Sul America Saúde
  • Unafisco
  • Unimed
  • Unimed Rio
  • Unimed Seguros