Artigos: Nutrição

Alimentação Saudável

A alimentação saudável tem muito a ver com as quantidades que se consome de cada grupo de alimentos.

Não basta somente selecionar os alimentos corretos com qualidade, é necessário que as quantidades sejam proporcionais e adequadas às necessidades de cada um e em cada fase da vida. Como também é importante que os alimentos se harmonizem e possam gerar prazer a quem come. Estimular os cinco sentidos é questão obrigatória nos cardápios.

A pirâmide alimentar é um guia alimentar que contribui para orientar na montagem dos cardápios. Existem também rodas e pratos como guias.

As pirâmides mais atuais indicam também a pratica saudável de atividade física, constante e diária.

Os princípios básicos da alimentação são incontestáveis: comer proporcional movimentar-se mais, incluir frutas, hortaliças e grãos integrais na dieta, não importa que tipo de pirâmide ou guia alimentar você siga como referência.

Frutas Antioxidantes para Prolongar a Juventude e a Saúde

A vida em ritmo acelerado, o desgaste físico e mental constante e a má alimentação são geradores de radicais livres, que agridem cada célula do organismo, comprometendo o bom funcionamento e levando ao envelhecimento precoce. A forma de proteger o organismo dos efeitos destes radicais livres é consumir alimentos ricos em substâncias antioxidantes.

O baixo consumo de frutas, que são ricas em antioxidantes, está entre os dez principais fatores de risco associados à ocorrência de doenças crônicas não transmissíveis.

Por esse motivo, a Organização Mundial de Saúde (OMS) incentiva o aumento do consumo de frutas vermelhas, frescas ou em suco, dadas as suas propriedades antioxidantes benéficas para a saúde. 

Dicas Nutricionais

A dietoterapia, ou seja, o tratamento através dos alimentos é muito importante nas doenças do sistema digestivo. Um acompanhamento nutricional e o restabelecimento da flora intestinal são primordiais.

A primeira regra para uma boa alimentação e digestão é comer devagar e mastigar muito bem os alimentos. A hora da refeição deve ser reservada para este fim, ou seja, não interromper ou comer em pé e com pressa; é necessário sentar e saborear a refeição.

É necessário estabelecer horários regulares de refeiçã. O ideal é fazer ao menos 5 refeições ao dia. Não se deve ficar muito tempo sem alimentar-se.

Variar na escolha do tipo da carne, ou seja, alternar as preparações com frango e peixe. Carne de gado deve ser magra e se gorduda visível e no máximo 3 vezes por semana. Dê preferência as preparações assadas, cozidas ou grelhadas.

Veja os serviços prestados

Convênios

  • Advance
  • Allianz Saúde
  • Ameplan
  • Amil
  • Apeoesp
  • Bradesco Saúde
  • Caixa Seguros
  • Care Plus
  • Cassi
  • Cetesb
  • Classes Laboriosas
  • Dix
  • Economus
  • Fundação CESP
  • Gama Saúde
  • Grupo Saúde Bresser
  • Hapvida
  • Intermedica
  • Itau
  • Life Empresarial
  • Mapfre
  • Marítima Saúde
  • MedService
  • Metrus
  • Notredame
  • Omint Saúde
  • Ônix
  • Portomed
  • Porto Seguro
  • Sabesprev
  • Santamalia
  • Saúde Secular
  • SP Trans
  • Sul America Saúde
  • Unafisco
  • Unimed
  • Unimed Rio
  • Unimed Seguros